Minha lista de blogs

“Cuba é um país injusto e proibido”.

Relatos de um brasileiro que foi ajudar famílias que estão passando fome naquele país. 

Enquanto fazíamos uma conexão no Panamá conheci e conversei com um senhor cubano que logo em seguida se declarou comunista. E quando lhe comentei que iria a Cuba ele abriu um largo sorriso e me disse que eu conheceria um país de igualdade social, “um verdadeiro paraíso”. Quis questioná-lo, mas não me atrevi, pois com certeza eu não teria resposta, já que nunca havia ido a Cuba, embora tivesse lido muito a respeito e ouvido muitos comentários. Mas quando cheguei ao aeroporto de Havana não vi um paraíso, porque o cheiro de mofo e uma estrutura antiga, suja e abandonada era o que se via. Para passarmos na imigração foi quase que uma tortura psicológica por tantas perguntas e nenhum sorriso. Cheguei a pensar que não seríamos aceitos, estávamos rodeados de policiais nos analisando e fazendo a mesma pergunta: “O que fazem aqui?”. 

Obviamente estávamos com os nervos à flor da pele, até porque estávamos com muitos equipamentos cinematográficos na bagagem. Conseguimos, enfim, passar pelos policiais com seus cachorros que nos cheiravam todo tempo. Ainda havia a esperança de ver aquele “paraíso” que aquele senhor comunista me havia falado. Confesso que foi uma grande decepção quando chegamos ao estacionamento do aeroporto: parecia que estávamos voltando para o ano de 1959, quando o país foi abandonado pelos americanos. Quase não se via carros, e os poucos que estavam ali eram extremamente velhos, onde a minoria do povo tinha o privilégio de ter um por haver herdado de algum parente que morreu. 



0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis