Minha lista de blogs

A verdade começa a aparecer...Documentos apontam que juíza morta reclamou quando TJ reduziu proteção

17/08/2011
Documentos estavam no gabinete da juíza Patrícia Acioli, em São Gonçalo. Ela foi morta a tiros, na sexta (12), quando chegava em casa, em Niterói.


Foto da Juíza - internet
A juíza Patrícia Acioli, morta a tiros quando chegava em casa, na última sexta-feira (12), em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, reclamava por escrito da falta de proteção policial, por causa das ameaças de morte que recebia. Ela chegou a enviar ofícios ao Tribunal de Justiça do estado (TJ-RJ).
Os documentos foram apresentados pelo advogado da família como prova de que ela queria reforço na segurança.
Os documentos estavam no gabinete da juíza Patrícia Acioli, em São Gonçalo, também na Região Metropolitana, e serão entregues nesta quarta-feira (17) ao presidente do TJ-RJ. Em um deles, datado de 13 de fevereiro de 2007, Patrícia se dirige ao diretor de segurança do Tribunal.


fonte: G1

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis