Minha lista de blogs

MEC nega 'kit homofobia'

O ministro da Educação, Fernando Haddad, negou que as cartilhas e vídeos com conteúdo contra a homofobia tenham sido distribuídos pelo ministério nas escolas do País. Ele garantiu que o material, produzido para coibir o preconceito contra homossexuais, não é oficial do Ministério da Educação (MEC), mas apenas o que está no site do MEC.

As declarações foram dadas pelo ministro depois do encontro que teve com parlamentares das bancadas evangélica e católica na Câmara. Haddad afirmou que material de conscientização contra a homofobia foi produzido a pedido do MEC, porém ainda está em fase de análise.

O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) havia apresentado, em plenário, cartilhas que, segundo ele, teriam sido pagas pelo MEC e distribuídas para as secretarias de educação do País. Garotinho criticou o material dizendo que, em vez de combater o preconceito, estimularia o homossexualismo.

Garotinho afirmou que "somos contra qualquer tipo de discriminação, pois não achamos justo discriminar quem quer que seja". Para o deputado, "o material não deve servir de incentivo para qualquer opção sexual e que dinheiro público não pode financiar a opção sexual de ninguém".

De acordo com Haddad, o material, que ficou conhecido como kit homofobia, estava sendo produzido há mais de um ano e foi entregue oficialmente na terça-feira, dia 17, ao MEC, no qual está sendo avaliado para publicação. O ministro disse que o material foi entregue pela ONG contratada para a sua confecção. "A partir de agora, o debate é interno", afirmou o ministro, acrescentando que a cartilha divulgada pela bancada evangélica não foi feita pela sua pasta. "Vim esclarecer isso", disse Haddad. A previsão é de que o material será distribuído para 6 mil escolas.

fonte: Diário do Comércio

1 comentários:

Jose Lucas disse...

Parabens ao Garotinho e aos demais deputados. Esse kit atenta contra a familia. É uma afronta aos brasileiros. Não aceitamos essa safadeza que estao tentando passar nas escolas. Respeito sim, mas dessa forma é demais.

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis