Minha lista de blogs

Cancelamento do Enem custará de R$ 20 milhões a R$ 30 milhões, diz Ministério da Educação

O MEC (Ministério da Educação) anunciou nesta quinta-feira (1º) que vai gastar entre 20 milhões e 30 milhões de reais a mais com a nova impressão do Enem. O preço total do exame é de R$ 110 milhões, segundo a assessoria de imprensa do ministério. O exame, que aconteceria neste fim de semana no país, foi cancelado por conta de denúncias de vazamento.

Diante da fraude, o ministro da Educação, Fernando Haddad, anunciou ter pedido à PF (Polícia Federal) para investigar o vazamento. Segundo ele, o inquérito já foi instaurado e a PF já designou dois delegados da Superintendência de São Paulo para a investigação.

— Tenho convicção de que vamos chegar aos responsáveis para puni-los exemplarmente.

Para o ministro, o vazamento da prova é "caso de cadeia". Ele afirmou ainda que o processo de segurança vai ser revisto, mas que não é possível afirmar em que ponto do processo o conteúdo da prova vazou.

— O que posso dizer é que no Inep [órgão que realiza as provas] o conteúdo da prova fica dentro de um cofre e com câmeras de segurança que monitoram o local e uma pessoa sozinha não poderia ter entrado sozinha, afirmou Haddad.

O Connase , consórcio firmado no começo do ano para a licitação do Enem e que era responsável pela aplicação da prova, fará uma reunião ainda nesta quinta-feira (1º) para discutir o que poderia ter ocorrido com a segurança e para programar a impressão da nova prova. Não é possível dizer agora se o consórcio será excluído do processo, diz ministro da Educação.

A nova prova do Enem deve ser aplicada em um prazo de aproximadamente 45 dias. Mas Haddad afirmou que o atraso não atrapalhará as universidades públicas que usarão o exame no vestibular.

fonte: r7.com

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis