Minha lista de blogs

Psicóloga carioca que oferecia terapia de conversão a gays pode ter seu registro cassado

O Conselho Federal de Psicologia está estudando se cassa ou não o registro profissional de Rozângela Alves Justino, psicóloga que encara a homossexualidade como doença e oferece terapias de conversão a clientes que buscam esse tipo de tratamento. A decisão do Conselho Federal de Psicologia será dada no dia 31 próximo. Se o resgistro da psicóloga for cassado, será a primeira decisão do tipo no Brasil.

O Conselho proíbe há 10 anos que psicólogos tratem a homossexualidade como doença passível de cura.

A referida psicóloga que agora será julgada afirma que ter "atendido e curado centenas" de pacientes gays em 21 anos de atividades. Para ela, a homossexualidade é doença e causada "porque (os homossexuais) foram abusados na infância e na adolescência e sentiram prazer nisso". Rozangela é evangélica e orienta seus pacientes a buscarem orientação na igreja. A cassação de Rozângela foi pedida por associações gays e endossada por 71 psicólogos.
fonte: Mix Brasil

2 comentários:

Anônimo disse...

Deus condena o Homossexualismo, pois abençoou o homem e a mulher e lhes deu o mandamento de serem fecundos e multiplicarem-se (Gn 1:28). O casamento é a união de duas pessoas que originalmente foram uma, depois foram separadas uma da outra, e agora no encontro sexual do casamento se uniram novamente. Não é por acidente que toda forma de expressão sexual fora da aliança do casamento seja explícita ou implicitamente condenada no restante das Escrituras.

A sociedade atual está cada vez mais perdendo de vista o princípio que Deus definiu para a união sexual entre os seres humanos: um homem e uma mulher, unidos pelo compromisso eterno do matrimônio. Em virtude deste crescente desvio do padrão idealizado por Deus no princípio, é que têm surgido todas estas anomalias sexuais descritas até aqui. Hoje já se convive até mesmo com o “casamento” entre homossexuais e a adoção de filhos por estes “casais”.

O propósito de Deus é que o homem junte-se com a mulher e os dois formem “uma só carne” (Gn 2:24), constituindo-se numa família heterossexual, na qual os filhos poderão ser educados em meio a um ambiente sadio e livre de preconceitos.

Este ideal está totalmente corrompido na sociedade moderna, e as relações sexuais passaram a ser apenas um meio de obter prazer a qualquer custo, sem atentar para as orientações dadas por Deus no passado, e para os perigos de não seguir estas orientações.

Deus condena o homossexualismo porque ele é totalmente contrário ao propósito original das relações sexuais: procriação e/ou prazer. Apenas em se olhar para a anatomia dos órgãos sexuais do homem e da mulher já deveria haver argumento suficiente para convencer de que as práticas homossexuais não são normais. O Cristianismo sempre reconheceu esse fato, defendendo que o homossexual está sob a condenação de Deus.

Mats disse...

Impressionante.

ALguém por acaso falou com as pessoas que deixaram de ser homosexuais devido à terapria usada pela senhora? Porque é que não perguntam aos tais? Se assim o fizessem haveriam de vêr que de facto é possível deixar de ser homosexual, tal como é possível deixar de beber álcool, ou de fumar.

Isto é um exemplo em como os supostos defensores da ciência fogem dela quando ela mostra que uma das suas preciosas crenças (os homosexuais nascem já assim) é refutada.
Usam a ciência quando lhes apetece, mas ignoram-na quando não lhes apetece.

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis