Minha lista de blogs

Alagoas Digital - Debate sobre segurança pública

Casos de pedofilia e a disseminação de crimes em ambiente virtual, pirataria, clonagem de cartões, desvios de dinheiro, falsidade ideológica, censura na internet e roubo e destruição de dados sigilosos por ação de hackers são só alguns dos temas debatidos no painel Segurança Pública na Era Digital do qual participaram o Superintendente Regional da Polícia Federal, José Pinto de Luna e do Diretor de Informatização e Segurança da Secretaria de Estado da Defesa Social Ten. Cel. Gerônimo Carlos do Nascimento.

Na ocasião, Pinto de Luna comentou sobre o caso do vírus que infectou o banco de dados da Polícia Federal servindo de alerta para políticas de backup eficiente e sobre a política de agregar os hackers à polícia, “A polícia não possui o mesmo tempo livre que os hackers possuem para desvendar a lógica por trás dos vírus criados a todo instante. Temos casos conhecidos de jovens de cidades muito pequenas, que não fazem nada além de pesquisar maneiras de se infiltrar em determinados sistemas, nesses casos a melhor opção é tentar resgatar o bandido e trazer para o lado da polícia”, afirma o superintendente.

O Ten. Cel. Gerônimo do Nascimento apresentou sistemas utilizados no combate ao crime, alguns deles desenvolvidos ou modificados para a realidade de Alagoas, como é o caso do Sisgou, ferramenta de despacho da polícia, do oráculo, sistema que gera relatórios, o sistema de interceptação, que segundo ele é fundamental para atingir as organizações criminosas, entre outros sistemas.

“A exposição de ambos os palestrantes foi muito construtiva, posto que a era digital além de trazer novas soluções para a comunicação e para a interação em sociedades, trouxe também um novo meio para a prática de crimes, motivo pelo qual se faz necessário um incremento da segurança pública não somente numa questão de recursos humanos (contratação de novos agentes), mas sim no aumento do know how em tecnologia de informação”, afirmou o bacharel em direito, Lauro Lyra Aguiar.

Em contrapartida o Alagoas Digital recebeu o pesquisador Vasco Furtado em palestra sobre o wikicrimes.org, comunidade de mapeamento de crimes que alerta para zonas de criminalidade nas cidades. A ferramenta funciona a partir do momento em que o cidadão que foi vítima de um crime destaca no mapa a atitude ilícita ocorrida, alertando para os principais focos de assalto e homicídios das cidades.

fonte: Alagoas Digital

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis